Logotipo ou Identidade Visual?

Essa é uma dúvida muito recorrente, para quem não tem um conhecimento muito abrangente no assunto e principalmente para quem está iniciando uma empresa, precisando de uma identidade para se posicionar no mercado.

Dessa forma, é importante dizer que apesar de conter sim uma diferença entre logotipo e identidade visual, um depende do outro quando o assunto é uma boa comunicação e um ótimo posicionamento de marca. Melhor dizendo, o logotipo está contido dentro da identidade visual, que por sua vez não consegue se desenvolver sem ele.

Ainda não entendeu? Não se preocupe, nós iremos lhe explicar melhor. Veja a seguir:

  • Logotipo

    O Logotipo é a representação gráfica do nome fantasia/marca de uma empresa. Logo + Tipo, vem das palavras gregas, “logos” que significa conceito e “typos” que significa figura. O logotipo é a junção de um símbolo + tipografia, somente símbolo ou tipografia, que representa uma marca no âmbito visual.O logotipo é a base da identidade visual e é um produto resultante do design. Para o seu desenvolvimento, é pensado em várias questões estratégicas de comunicação, bem como conceitos, estudos de público-alvo, segmentos, estilos, cores, formas, etc. Tudo deve ser levado em consideração para fazer com que o logotipo transmita a essência e os significados da marca, assim como seus benefícios, atributos, valores, personalidade e cultura.Alguns exemplos famosos, são os logotipos da Apple, Google, Facebook, Instagram, Microsoft, Samsung, etc.

  • Identidade Visual


    Agora que você já sabe o que é logotipo, é importante que você entenda que ele não “anda sozinho”. Existe uma identidade que o cerca e que ajuda ele no fortalecimento da marca e transmissão de todos os seus conceitos.A identidade visual é o conjunto de elementos formais que representam um nome, ideia, instituição, evento, produto ou empresa, e é contida por um logotipo, regras e variações de aplicação do mesmo (logotipo), podendo conter um slogan, grafismos, texturas, imagens, personagens, paleta de cores e opções tipográficas que harmonizam com o todo. Esse conjunto é fundamental no fortalecimento da marca, fazendo com que ela seja identificada não só pelo logotipo, mas também pela sua personalidade e características visuais. Um ótimo exemplo disso é a Coca-Cola, que só de vermos o formato da garrafa de um dos seus produtos e a cor vermelha única em algum material publicitário, já podemos identificar a marca.

    E quando falamos de identidade visual, falamos de algo completo, e por isso após ter definido todo o conjunto de elementos, ainda nascem as peças complementares, como por exemplo, catálogos e apresentações institucionais, sites, materiais gráficos, uniformes, rótulos, embalagens, artes para as mídias sociais, etc. Tudo seguindo o padrão de identidade estabelecido dentro dos estudos de design elaborados para a marca.

Aprendeu com a gente?
Deixe seu like, comente o que achou, salve para que possa visualizar novamente e compartilha com quem possa precisar 😉

Gostou? Compartilhe esse post:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Rolar para o topo

Solicite um orçamento

Preencha o formulário abaixo

Iniciar Conversa
1
Posso ajudar?
Olá! Podemos te ajudar?